Grandes Obras

Boletim atualiza como está a prestação de serviços de infraestrutura no Estado

Boletim atualiza como está a prestação de serviços de infraestrutura no Estado



O governo do Rio Grande do Sul retomou a divulgação do monitoramento dos serviços de infraestrutura no Estado, após as fortes chuvas que começaram na segunda-feira (29/4) e que, de acordo com a previsão meteorológica, devem seguir até sexta-feira (3/5).

Além de atualizar a situação do fornecimento de água, energia elétrica e telefonia, os boletins também trazem informações sobre bloqueios totais ou parciais de rodovias estaduais e o panorama nas escolas da Rede Estadual.

Os dados são reunidos pela Secretaria de Comunicação, a partir de informações enviadas pelas secretarias do Meio Ambiente e Infraestrutura, de Logística e Transportes, e da Educação.

O monitoramento seguirá até que haja normalização dos serviços e desbloqueio das estradas.

Energia elétrica, água e telefonia

CEEE Equatorial: 123,6 mil pontos sem energia elétrica (6,85% do total de clientes);
RGE Sul: 294, 6 mil pontos sem energia elétrica (9,5% do total de clientes);
Corsan: 1.056,877 milhão clientes sem abastecimento de água (34% do total);
Tim: 90 municípios sem serviços de telefonia e internet;
Vivo: 43 municípios sem serviços de telefonia e internet;
Claro: 53 municípios sem serviços de telefonia e internet.

Rodovias

As chuvas que atingem o estado provocam danos e alterações no tráfego nas rodovias estaduais gaúchas. Neste sábado (4/5), são 128 trechos em 61 rodovias com bloqueios totais e parciais, entre estradas e pontes, conforme atualização das 18h.

As informações são do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), consolidadas com o Comando Rodoviário da Brigada Militar (CRBM), abrangendo também rodovias concedidas e as administradas pela Empresa Gaúcha de Rodovias (EGR).

A Secretaria de Logística e Transportes (Selt) trabalha para desobstruir as rodovias o mais rápido possível, de maneira a garantir o tráfego de veículos e pedestres. Veja a seguir a situação de cada rodovia atingida.

 

Panorama nas escolas estaduais

Aulas suspensas em toda Rede Estadual: 2.338 escolas.

Dados das escolas afetadas (danificadas, servindo de abrigo, com problemas de transporte, com problema de acesso e outros):

627 escolas
218 municípios
27 Coordenadorias Regionais de Educação
209.622 estudantes impactados
246 escolas danificadas
34 escolas servindo de abrigo



Fonte: Jornal do Comércio

administrator

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *