Grandes Obras

Chuvas no RS: veja situação de barragens em risco em todo o estado

Chuvas no RS: veja situação de barragens em risco em todo o estado


O Rio Grande do Sul diminuiu, de sexta-feira (3) para este sábado (4), para dois o número barragens em situação de emergência, segundo balanço divulgado pelo governo estadual.

A situação é mais delicada na Serra Gaúcha, onde, devido às chuvas que caem no estado nos últimos dias, a barragem da Usina Hidrelétrica 14 de Julho se rompeu parcialmente, provocando ondas de até dois metros de altura, segundo autoridades.

Veja a situação das barragens no RS:

Subiu de nível de atenção para de emergência:

  • Barragem de São Miguel, em Bento Gonçalves, na Serra Gaúcha: técnicos da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan) avaliam a situação após um escorregamento na encosta da estrutura.

Se manteve em nível de emergência:

  • Barragem da Usina Hidrelétrica 14 de Julho, entre Cotiporã e Bento Gonçalves: situação permanece inalterada desde o rompimento parcial na quinta-feira (2).

Baixou para nível de alerta:

  • Barragem Divisa, da Usina Hidrelétrica Bugres, em Canela, também na Serra Gaúcha: se faz necessária atividade de manutenção para garantir a segurança da estrutura.

Baixou para nível de atenção:

  • Barragem Blang, também em Bugres: risco devido às chuvas diminuiu, mas ainda se fazem necessárias medidas de “monitoramento, controle ou reparo ao decurso do tempo”, segundo o governo.

Deixaram te ter algum nível de risco:

  • Barragem do Arroio Barracão, em Bento Gonçalves.
  • Barragem Saturnino de Brito, em São Martinho da Serra, município vizinho a Santa Maria, na região central do estado.

O balanço do governo estadual tem sido divulgado diariamente com base em levantamentos próprios, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e do Operador Nacional do Sistema (ONS). Veja a atualização completa da situação, com a relação de barragens em nível de atenção e alerta, aqui.



Fonte: CNN Brasil

administrator

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *