Grandes Obras

Com chuvas no RS, bancos oferecem a gaúchos até 180 dias de carência para pagamento de dívidas

Com chuvas no RS, bancos oferecem a gaúchos até 180 dias de carência para pagamento de dívidas


Em meio às chuvas que assolam o Rio Grande do Sul, os principais bancos do país se movimentam para oferecer condições especiais aos impactados pela tragédia. O Banco do Brasil (BB) e o Bradesco oferecem até 180 de carência para pagamentos em renegociações de dívidas; a Caixa Econômica Federal e o Itaú Unibanco, 90 dias.

Em nota, o Bradesco informou que o prazo de carência estendido vai valer tanto para pessoas físicas (PF) quanto jurídicas (PJ) que precisem renegociar o pagamento em linhas de como capital de giro, crédito pessoal e crédito direto ao consumidor. O banco também poderá postergar por até 30 dias o pagamento destas linhas para os clientes da região.

No caso do BB, será possível renegociar dívidas utilizando taxas diferenciadas, com até 180 dias de carência e 120 meses para pagamento. As empresas dos municípios gaúchos atingidos também contarão com linhas de repactuação, com prazos de 30, 36 ou 48 meses, nas operações convencionais, ou até 72 meses, para as contratações via Pronampe.

Os clientes PF contam com carência de até seis meses para pagamento da primeira parcela na contratação do BB Crédito Consignado ou do BB Crédito Salário. As micro e pequenas terão acesso a crédito com linhas governamentais e próprias, além de condições diferenciadas.

A Caixa, por sua vez, oferecerá a moradores das regiões afetadas e que já possuem crédito contratado pausa no pagamento de prestações por até três meses nos contratos de Crédito Pessoal PF, Capital de Giro PJ, Renegociação PF e PJ. Também haverá dispensa de encargos na renovação de contratos de penhor.

Além disso, a instituição possibilita a pausa de até três meses nos contratos de financiamento habitacional nas regiões atingidas, mediante solicitação dos clientes. Será possível a incorporação das prestações no saldo devedor dos clientes inadimplentes.

O banco também afirma que haverá facilidades para clientes que optarem pela contratação de um novo crédito, com redução de taxas de juros e carências para contratação de financiamentos, com maiores prazos para pagamento no Crédito Consignado, Capital de Giro, entre outras modalidades.

Para o Saque Calamidade do FGTS, o banco afirma estar auxiliando as prefeituras para que o processo de liberação dos valores aos trabalhadores seja iniciado. Após a liberação, a população poderá realizar o saque do FGTS pelo celular por meio do aplicativo FGTS, sem a necessidade de comparecer a uma agência.

Dentre as medidas do Itaú para clientes corporativos, estão a suspensão de mensalidades e tarifas de conta corrente e na rede por pelo menos três meses, repactuações de parcelamentos para clientes que tiverem essa necessidade e manutenção de limites de crédito e disponibilização de linhas especiais.

Com informações de Fernando Nakagawa.



Fonte: CNN Brasil

administrator

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *