Grandes Obras

INEP classifica Ufrgs como a segunda melhor universidade federal do País

INEP classifica Ufrgs como a segunda melhor universidade federal do País



O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) classificou a Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) como a terceira melhor do País e a segunda entre as instituições federais, segundo o Índice Geral de Cursos Avaliados (IGC), que faz parte dos Indicadores de Qualidade da Educação Superior de 2022.

Este indexador corresponde à média das notas dos cursos de graduação, segundo o Conceito Preliminar de Curso (CPC), e dos conceitos Capes dos cursos de pós-graduação stricto sensu, ponderadas pelo número de matrículas de cada curso. Nesse cenário, a Ufrgs se manteve no nível 5, o máximo do IGC, registrando crescimento pelo quarto ano consecutivo no IGC com índice de 4,4010.

Segundo a secretária de Avaliação Institucional da universidade, Soraya Tanure, este é o melhor desempenho da história da Ufrgs. “O crescimento de 1,2% no IGC contínuo de 2021 para 2022 foi o maior já registrado desde a aplicação da nova fórmula de cálculo do índice pelo INEP. Esse salto foi puxado, principalmente, pelos nossos programas de pós-graduação de excelência. O que nos difere das demais é o fato de termos mais de 100 opções de cursos, um número superior à maioria, e conseguimos manter a qualidade.”

Para ela, o empenho da comunidade acadêmica, como alunos, professores, pesquisadores, técnicos e terceirizados são fundamentais para o desempenho acima da média. “Mas nós precisamos continuar estimulando os nossos alunos a fazerem boas provas do Enade (Exame Nacional de Desempenho de Estudantes) e também a terem uma boa consciência quanto ao preenchimento do questionário do estudante, que auxilia nesse cálculo”, destaca a professora.

A primeira colocada é a Universidade Estadual de Campinas (escore de 4,5865), seguida pela Universidade Federal de Minas Gerais (4,4167), apenas 0,015 a mais que a federal gaúcha, que tem práticas e procedimentos similares.

Saiba mais sobre a avaliação

Baseados em três Indicadores de Qualidade da Educação Superior 2022, o ranking do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) leva em consideração os Desempenhos Observado e Esperado (IDD); o Conceito Preliminar de Curso (CPC) e do Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC).

O IGC é resultado da avaliação das instituições de educação superior e corresponde à média das notas do CPC (cursos de graduação) e dos conceitos Capes dos cursos de programas referentes às pós-graduação stricto sensu, ponderadas pelo número de matrículas de cada curso.

Das instituições com IGC calculado no País, 27,7% (554) tiveram desempenho entre as faixas 4 e 5 do indicador. 60,3% obtiveram nota 3 e, para além disso, 11,7% (234) e 0,3% (6) ficaram nas faixas 2 e 1, respectivamente.



Fonte: Jornal do Comércio

administrator

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *