Grandes Obras

Partido Trabalhista tem grande vitória sobre os conservadores no Reino Unido

Partido Trabalhista tem grande vitória sobre os conservadores no Reino Unido


O Partido Trabalhista, da oposição britânica, conquistou uma cadeira parlamentar no norte da Inglaterra nesta sexta-feira (3) e o controle de vários conselhos, infligindo derrotas pesadas aos conservadores, que estão no poder, para aumentar a pressão sobre o primeiro-ministro Rishi Sunak.

A vitória esmagadora deu o tom do que serão dois dias de resultados locais observados de perto antes da eleição nacional deste ano, que, segundo as pesquisas, poderá colocar o líder trabalhista Keir Starmer no poder e encerrar 14 anos de governo conservador.

Os eleitores votaram na quinta-feira (2) para mais de 2.000 assentos em autoridades locais em toda a Inglaterra e para algumas eleições para prefeito, inclusive na capital, Londres.

Blackpool South foi a única cadeira parlamentar a ser disputada depois que parlamentar conservador deixou o cargo devido a um escândalo de lobby.

O candidato trabalhista Chris Webb venceu a eleição em Blackpool com 10.825 votos. O candidato conservador ficou em segundo lugar, com 3.218 votos. A mudança de 26% para os trabalhistas em relação ao resultado de 2019 foi a terceira maior na história das eleições parciais do pós-guerra, segundo o especialista em pesquisas John Curtice.

A derrota em Blackpool e os primeiros sinais de perdas profundas em nível de conselho aumentarão as esperanças dos trabalhistas de uma vitória ampla sobre os conservadores de Sunak na eleição nacional.

“Essa vitória sísmica em Blackpool South é o resultado mais importante de hoje”, disse Starmer.

“Essa é a única disputa em que os eleitores tiveram a chance de enviar uma mensagem diretamente aos conservadores de Rishi Sunak, e essa mensagem é um voto esmagador pela mudança.”

O presidente do Partido Conservador disse que tinha sido “uma noite difícil”.

“Obviamente, não foi um ótimo conjunto de resultados”, afirmou Richard Holden à Times Radio.

Os conservadores estão cerca de 20 pontos percentuais atrás dos trabalhistas na maioria das pesquisas de opinião para a eleição nacional, que Sunak disse que pretende convocar no segundo semestre do ano.

O líder britânico esperava que seu anúncio sobre o aumento dos gastos com defesa e a aprovação de seu plano para enviar requerentes de asilo ilegais para Ruanda pudessem conquistar os eleitores, mas as derrotas podem novamente alimentar os pedidos para que ele renuncie.

Curtice disse que, com base nos resultados obtidos até o momento, os conservadores podem estar enfrentando seus piores resultados nas eleições locais em 40 anos e estão a caminho da derrota na eleição nacional.



Fonte: CNN Brasil

administrator

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *