Grandes Obras

Petrobras doará R$ 5,6 milhões para auxílio a vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul – Economia – CartaCapital

Petrobras doará R$ 5,6 milhões para auxílio a vítimas das chuvas no Rio Grande do Sul – Economia – CartaCapital



A Petrobras anunciou que vai doar cerca de 5,6 milhões de reais para mitigar os danos provocados pelas tempestades que assolam cidades do Rio Grande do Sul desde a última semana. O envio do montante foi aprovado nesta segunda-feira 6.

Esse valor será destinado ao Movimento União BR, por meio do Instituto da Criança, uma organização sem fins lucrativos, para aquisição de itens de primeira necessidade, tais como cestas básicas e eletrodomésticos, entre outros, para atendimento às vítimas dos temporais nas cidades gaúchas Canoas e Esteio.

Ambos os municípios estão localizados na região metropolitana de Porto Alegre e abrigam empreendimentos importantes para a atividade da petroleira no estado, como a Refinaria Alberto Pasqualini e a Unidade Termelétrica Canoas.

“Essa é a maior catástrofe natural do Estado do Rio Grande Sul, sem precedentes históricos em abrangência e número de pessoas afetadas. A Petrobras se solidariza com as vítimas cumprindo seu papel de empresa socialmente responsável”, destacou o presidente da companhia, Jean Paul Prates.

Nos últimos dias, a Petrobras adotou uma série de medidas emergenciais para fornecer assistência às vítimas dos temporais. A petroleira encabeçou uma campanha de voluntariado para doações de itens de alimentação, limpeza e higiene para as famílias atingidas.

Além disso, equipes foram mobilizadas para viabilizar a compra e entrega de cestas básicas, água, itens de higiene pessoal, itens de limpeza, colchões e cobertores.

O mais recente boletim da Defesa Civil gaúcha estima que 83 pessoas morreram em decorrência dos temporais e 4 mortes seguem sob investigação. Ainda há 111 desaparecidos e 291 feridos, além de 149,3 mil pessoas fora de casa (entre desabrigadas e desalojadas).



Fonte: Carta Capital

administrator

Artigos Relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *