Zaha Hadid Architects projeta complexo de uso misto em Vilnius, Lituânia | ArchDaily Brasil

Zaha Hadid Architects projeta complexo de uso misto em Vilnius, Lituânia | ArchDaily Brasil

Guardar no Meu ArchDailyZaha Hadid Architects projeta complexo de uso misto em Vilnius, Lituânia   Imagem 1 de 7© Frontop

  • Escrito por | Traduzido por Diogo Simões
  • Publicado em 16 de Fevereiro de 2023

Compartilhar Compartilhar

  • Facebook
  • Twitter
  • Mail
  • Pinterest
  • Whatsapp

Ouhttps://www.archdaily.com.br/br/996486/zaha-hadid-architects-projeta-complexo-de-uso-misto-em-vilnius-lituania Prancheta “COPY” copiar

O Business Stadium Central, projetado por Zaha Hadid, recebeu a aprovação do Conselho Municipal de Vilnius, Lituânia. Projetado em colaboração com a incorporadora Hanner, o complexo de uso misto busca se tornar um novo ponto de encontro para a cidade, criando novos espaços públicos e áreas de trabalho flexíveis, além de instalações de saúde e bem-estar. A construção está prevista para iniciar no segundo trimestre deste ano.

Zaha Hadid Architects projeta complexo de uso misto em Vilnius, Lituânia   Imagem 2 de 7Zaha Hadid Architects projeta complexo de uso misto em Vilnius, Lituânia   Imagem 3 de 7Zaha Hadid Architects projeta complexo de uso misto em Vilnius, Lituânia   Imagem 4 de 7Zaha Hadid Architects projeta complexo de uso misto em Vilnius, Lituânia   Imagem 5 de 7Zaha Hadid Architects projeta complexo de uso misto em Vilnius, Lituânia   Mais Imagens+ 2

Integrado no plano da cidade de Vilnius, o projeto de 24.000 m² do Business Stadium Central consiste em duas torres baixas de 8 e 9 andares, conectadas no nível da rua por um átrio no pátio e por uma ponte suspensa no quinto andar. Virado para a histórica Torre do Castelo de Gediminas, no coração da cidade, o projeto reinterpreta as “geometrias dinâmicas da arquitetura cívica existente no bairro”. Dentro dos andares centrais de cada uma das torres, espaços de escritórios flexíveis de diferentes tamanhos e layouts foram projetados para garantir a máxima adaptabilidade. Conectados com terraços e jardins paisagísticos, esses locais de trabalho podem acomodar uma variedade de empresas.

Guardar no Meu ArchDailyZaha Hadid Architects projeta complexo de uso misto em Vilnius, Lituânia   Imagem 4 de 7© Frontop

Sistemas de construção sustentáveis reduzirão o carbono incorporado do empreendimento na construção e seu uso de energia na operação”, explica o resumo. Para reduzir a exposição direta ao sol em determinados períodos e otimizar o calor solar nas fases mais frias, as persianas e varandas da fachada foram concebidas de acordo com o alinhamento do sol. Além disso, o uso de ventilação híbrida natural, a troca de calor de alta eficiência e os sistemas de recuperação reduzirão o consumo de energia.

Os processos de otimização de design digital minimizaram a quantidade de materiais necessários e estão integrados a sistemas de compras que aumentam o conteúdo reciclado do projeto. A madeira para os interiores será de fontes locais certificadas e incluídas nas cadeias de abastecimento globais do projeto que foram estabelecidas para reduzir as distâncias de entrega. Todos os materiais especificados são avaliados para permitir a desmontagem e reutilização ao final da vida útil da edificação. – ZHA

Guardar no Meu ArchDailyZaha Hadid Architects projeta complexo de uso misto em Vilnius, Lituânia   Imagem 7 de 7© Frontop

Também em Vilnius, a Zaha Hadid Architects está atualmente trabalhando na reconstrução do complexo da estação ferroviária e seus arredores. Na verdade, sua proposta intitulada “Green Connect” ficou em primeiro lugar no concurso internacional de design, porque estava alinhada com a agenda de sustentabilidade da cidade.

Guardar no Meu ArchDailyZaha Hadid Architects projeta complexo de uso misto em Vilnius, Lituânia   Imagem 3 de 7© FrontopGuardar no Meu ArchDailyZaha Hadid Architects projeta complexo de uso misto em Vilnius, Lituânia   Imagem 2 de 7© Frontop

Equipe do Projeto

  • Cliente: Hanner
  • Aquitetos: Zaha Hadid Architects (ZHA)
  • Design: Patrik Schumacher
  • Diretores do Projeto ZHA: Gianluca Racana, Ludovico Lombardi
  • Sócia Encarregada ZHA: Michele Salvi
  • Equipe de Projeto ZHA: Alessandra Laiso, Giovanni Basile, Ivo Ambrosi, Szu-An Yao
  • Diretores de Projetos do Concurso ZHA: Gianluca Racana, Ludovico Lombardi
  • Sócio Encarregado pelo Concurso ZHA: Davide del Giudice
  • Lideres de Projeto do Concurso ZHA: Alexandra Fisher, José Eduardo Navarrete Deza
  • Equipe do Concurso ZHA: Maria Lagging, Lara Zakhem

Consultoria

  • Arquitetos locais: Unitectus
  • Engenharia de estruturas: Ribinis būvis
  • Engenharia de fachada: Staticus
  • MEP: Eva Danovska
  • Engenharia de incêndio: GSCentras
Arquitetura